Mesas

Mesa 1
Carla
Mesa 3
Marcus
Mesa 8
Cris
Mesa 10
Victor Hugo
Mesa 11
Amanda
Mesa 12
Juliana
Mesa 14
Karina

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

.de longe, perto... de perto, longe.

Acho muito louco esse mundo em que vivemos hoje em dia.

Me sinto extremamente próximo de pessoas que estão geograficamente distantes, sem vínculos familiares, e (algumas) que nem conheci pessoalmente.
E em contrapartida me sinto extremamente distante de pessoas que moram na casa em frente da minha ou de familiares (tios, primos, etc) que me conhecem desde o dia que nasci.

É impossível negar que os avanços tecnológicos facilitam as coisas, encurtam distâncias.. afinal aqui no VezenquandoPub temos exemplos claros disso:
Porto Alegre, RS --> Austin, TX = +ou- 8.300 kms
Porto Alegre, RS --> Uruguaiana, RS = 600 kms
Porto Alegre, RS --> Floripa, SC = 470 kms
Uruguaiana, RS --> Floripa, SC = +ou-  1.000 kms

Mas entendo que a tecnologia abre uma porta, possibilita a comunicação, mas tudo depende da gente.. dos interlocutores.. e daí entram questões como motivação, afetividade e várias outras.. Pra mim, o importante é que nós escolhemos com quem desejamos nos comunicar... e de que forma.

Para facilitar essas escolhas, eu tenho adotado uma regra:
eu fico perto de quem gosta de mim, e fico longe de quem não gosta. Simples!

Quase um Roberto Carlos, sabe? “Só Vou Gostar de Quem Gosta de Mim”.. hahaha 
Abraço!

2 comentários:

  1. Perfeito, Pablo!



    Não existem mais distancias. Ou melhor, existe, dentro de nós mesmos...


    como é longe uruguaiana.

    ResponderExcluir
  2. Uruguaiana tá pertinho, Marcus.

    Longe é a casa dos meus parentes que fica no bairro ao lado do meu!!!

    ResponderExcluir