Mesas

Mesa 1
Carla
Mesa 3
Marcus
Mesa 8
Cris
Mesa 10
Victor Hugo
Mesa 11
Amanda
Mesa 12
Juliana
Mesa 14
Karina

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

.Retirante do Velho Oeste.



No ônibus rumo a capital do estado... a saudade vai crescendo conforme a quilometragem... tenho a impressão de que ao chegar no meu destino de viagem, os quilômetros continuarão aumentando...

Não sei o que é mais desconfortável, elevadores ou ônibus... ambas caixinhas com pessoas estranhas dentro. A vantagem do ônibus, pra quem senta na janela e cabe no banco, é olhar a paisagem, já no elevador você fica naquelas, chão e teto, chão e teto até que surge uma previsão do tempo.

Acabei de mandar uma mensagem para a Maria Fernanda, avisando que eu estaria online no ônibus. Alguém deve ter esquecido de ensinar o motora a ligar o rotiador... offline.

Não sei exatamente o que me espera nessa minha mais nova jornada, tiro no escuro? Sei não... só não sabia que seria tão difícil deixar a **"minha mulher" e filhos para trás, mesmo que por um breve período... tenho a impressão que se passarão mais de três mil meses.

...Nessa mesma linha de raciocínio, de que os quilômetros continuarão a viagem eterna da saudade, acabei inventando uma formula para calcula-la, em km:

S= km/tempo de viagem x 24hs

S= 645/9 x 24 = 1.720 km de saudade por dia... por mês = 51.600 km de saudade!! é muita saudade!


**"minha mulher" o machista pode fazer uma leitura feminista, já a feminista pode fazer uma leitura machista... a minha leitura é Luciana.




*escrevi domingo 02.10.2011 a caminho do caminho mais longo

16 comentários:

  1. Não vou dizer que sei o que estás sentindo, porque eu precisaria antes 'passar 3 luas com os teus sapatos' para realmente saber.

    Embora eu tenha passado por uma experiência parecida há pouco tempo atrás, cada um lida de uma forma diferente com os seus sentimentos.

    Mas o que eu queria deixar aqui registrado é o meu desejo que dê tudo certo. [ e vai dar ]

    Depois que somos pais e mães, nossas escolhas são baseadas no bem-estar dos nossos filhos, da nossa família.

    Acredito que a tua família deva estar bem orgulhoso de ti, 'atleta de elite'.

    Feioooo, sucesso no novo caminho!!!

    ResponderExcluir
  2. [ puxa vida, mais uma baixa... perdemos o correspondente de Uruguayork ]

    :/

    ResponderExcluir
  3. Eu morreria.
    Sinto saudade quando to do lado.
    Agora, por exemplo, são 5km de saudade.

    E quando forem 2cm ainda serão saudade.

    ResponderExcluir
  4. [ só falta a correspondente de Florianópolis querer voltar para o interior ]

    ResponderExcluir
  5. E o correspondente Ipiranga???????

    rs

    ResponderExcluir
  6. Olha, não quero voltar pra Tapera nem se for pra ser enterrada hehehe, me joguem no mar!!!

    ResponderExcluir
  7. Boa sorte, Marcus! Percebo uma característica bem bacana desse grupo: todo mundo é bem resolvido e apaixonado pelo seu par!

    ResponderExcluir
  8. Admiro quando um se afasta para permitir seu crescimento profissional, pessoal... seja o que for, e que o outro apoie, ajude... da minha parte tenho muita saudade a qualquer distância e qualquer tempo. Espero ter a mesma grandeza e força se um dia estiver em qualquer um dos lados. :D
    Boa sorte Marcus... Muita admiração Carla!

    ResponderExcluir
  9. Luciane,

    Concordo contigo.
    Ficar distante pra mim, é muito complicado.

    ResponderExcluir
  10. Marcus, olhando tua formula, sem querer te ver com o coração mais apertado, resolvi por em minutos, os números diminuem para tua alegria,hehe.

    1.440 (dia) x 30 (mês) = 43.200 min.

    ResponderExcluir
  11. hehehe O que faço com esses números!?!?!?!?!?

    Obrigado a todos pelos desejos de sucesso...

    Rafa!!! mesmo assim, é muito tempo hahaha

    ResponderExcluir
  12. Ui. As fórmulas serão no exame?

    ResponderExcluir
  13. Marcus, o melhor é que a cada dia você chega mais perto!

    ResponderExcluir