Mesas

Mesa 1
Carla
Mesa 3
Marcus
Mesa 8
Cris
Mesa 10
Victor Hugo
Mesa 11
Amanda
Mesa 12
Juliana
Mesa 14
Karina

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

.toca do Vinícius.

.
.
.
Olá Pessoal! Hoje eu vou falar de um lugar muito interessante que eu tive o prazer de conferir no Rio de Janeiro na semana passada chamado Toca do Vinícius.


A TOCA é editora de livros (Vinícius de Moraes por Geraldo Carneiro, Bossa Nova por Artur da Távola, entre outros) e livraria de música, disponibilizando para o público livros de história da música, biografias, songbooks, partituras, métodos e teorias musicais e, também, LPs, CDs e DVDs de Bossa Nova.


A Toca do Vinícius faz parte do CENTRO DE REFERÊNCIA DA BOSSA NOVA, ambas instituições sediadas na rua Vinícius de Moraes, 129 C, em Ipanema, na cidade do Rio de Janeiro e ambas, igualmente, fundadas em setembro de 1993.



A TOCA desenvolve um projeto chamado MONUMENTO DE MÃOS CALÇADA DA FAMA DE IPANEMA, um conjunto de placas de cimento com registros de mãos célebres que vêm sendo gravadas desde 1969, reunindo até agora 100 placas de alguns nomes como: Elis Regina, Toquinho, Chico Buarque e, é claro: Vinícius de Moraes. 

Essas placas ficam guardadas no MUSEUZINHO BOSSA NOVA-IPANEMA-RIO, no 2º andar da livraria. Além das placas, o museu abriga cerca de 500 peças originais igualmente representativas dessa produção local, ao longo de mais de três gerações, como um jogo de baquetas utilizadas pelo baterista da bossa nova Milton Banana e rolos de fita master como a do Álbum histórico Canção do Amor Demais, primeiro registro fonográfico da famosa batida de João Gilberto.

O Museu estava em reforma quando visitei a Toca na semana passada. Dessa forma não consegui fazer registros da placa do Vinícius de Moraes. Apenas consegui fotografar a placa do Chico Buarque, pois estava em exposição na livraria.


Aqui, um passeio virtual pela Toca do Vinícius:




A TOCA fica na Rua Vinícius de Moraes, onde há diversos bares no estilo Bossa Nova. Minha dica para quem for ao Rio é depois da visita à Toca dar um pulinho até o 'boteco' Garota de Ipanema, um ponto bem tradicional da Rua Vinícius de Moraes.




Quem gostou da Toca do Vinícius e quiser acompanhar os últimos acontecimentos sobre a Calçada da Fama, Festivais de Bossa Nova, Encontros Musicais na livraria e outras novidades, pode acessar o blog da Toca.
.
.
.

9 comentários:

  1. Puxa, que legal Carla!!
    Imagino a tua alegria querendo explorar cada canto da Toca.
    Devia estar mais faceira que mosca em tampa de xarope!

    ResponderExcluir
  2. Pablooo, eu amei a Toca!!!
    É um lugar com uma energia incrível, mesmo para quem não gosta de Bossa Nova!
    Viver aquele clima todo não tem preço!
    AMEI! Bem mais faceira que mosca em tampa de Xarope!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal mesmo!!! Só não podemos esquecer do cara que transformou os poemas de Vinicius de Moraes em melodias... Na partitura acima: Garota de Ipanema,está assinada por ninguém menos que Antonio Carlos Jobim, TOM JOBIM, mestre, maestro e um dos caras que dividiu boa parte dos maiores sucessos de Vinicius...

    Um brinde a parceria!
    Um brinde a Bossa Nova!

    ResponderExcluir
  4. A Toca é um sonho! Um cantinho 'encantado' em Ipanema! Vale à pena conhecer. Não deixem de visitar quando tiverem a oportunidade! ;)

    ResponderExcluir
  5. Sobre a " Toca", vislumbrei LPs do arco da velha, não só de bossa nova mas de temas de novelas como: Água viva, Guerra dos sexos, Tieta ,etc...

    Surpreendente o acervo.

    ResponderExcluir
  6. Feiooo,

    A última placa da Calçada da Fama, a de número 100, é com o neto do Tom Jobim, o músico Daniel Jobim.

    Um brinde à Bossa Nova!
    Amo!

    ResponderExcluir
  7. Ai, Carla, ontem fiz um comentário enorme no post e perdi. Quando fui pro Rio em setembro lembrei muito de ti, pois fiquei hospedada na rua Vinicius de Moraes, quase em frente ao Garota de Ipanema. Aquela rua é bonita, toda arborizada, tem bares e lojinhas descoladas. O Rio é mesmo tudo de bom. Gaúchos que não me ouçam hehehe

    ResponderExcluir
  8. Tati, a rua é uma graça, né?!
    Dá vontade de ficar circulando o tempo todo.
    Enquanto eu estava sentada no Garota de Ipanema, vi várias pessoas tirando foto na placa da rua (Vinícius de Moraes)... Daí pensei: não sou a única! hehehe

    ResponderExcluir