Mesas

Mesa 1
Carla
Mesa 3
Marcus
Mesa 8
Cris
Mesa 10
Victor Hugo
Mesa 11
Amanda
Mesa 12
Juliana
Mesa 14
Karina

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

.1, 2, 3 ..... 14!


Vezenquando retrô [de restrospectiva]?! 
Hã? Hã?! Que tal? Quem começa?!

.1, 2, 3 ..... 14!

Aguardo vocês lá nos comentários!

8 comentários:

  1. Eu escolhi este post, porque foi o meu primeiro aqui no vezenquando (fase 2), quando ainda não tínhamos 'mesas'... perambulávamos por todos os cantos... :)

    http://vezenquandopub.blogspot.com/2011/06/eu-nao-existo-sem-voce.html

    .eu não existo sem você.

    Vocês sabem: eu adoro o Vinícius de Moraes!
    E para que vocês saibam: Eu não existo sem vocês! ;o)


    Eu Não Existo Sem Você
    Composição: Antonio Carlos Jobim / Vinicius de Moraes

    Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
    Que nada nesse mundo levará você de mim
    Eu sei e você sabe que a distância não existe
    Que todo grande amor
    Só é bem grande se for triste
    Por isso, meu amor
    Não tenha medo de sofrer
    Que todos os caminhos me encaminham pra você

    Assim como o oceano
    Só é belo com luar
    Assim como a canção
    Só tem razão se se cantar
    Assim como uma nuvem
    Só acontece se chover
    Assim como o poeta
    Só é grande se sofrer
    Assim como viver
    Sem ter amor não é viver
    Não há você sem mim
    E eu não existo sem você

    ResponderExcluir
  2. Dos posts da mesa 3, eu gosto bastante deste:

    http://vezenquandopub.blogspot.com/search/label/mesa%203?updated-max=2011-09-14T11:26:00-03:00&max-results=20


    “já vi o fim do mundo algumas vezes e na manhã seguinte estava tudo bem” (HG)

    É engraçado, as vezes temos certeza de que por algum motivo, o que está acontecendo em determinado momento, possa ser “o fim do mundo”... O último suspiro...

    Aí vem uma força, uma inexplicável força que nos levanta e nos faz andar... Há quem diga que é a mão de Deus, não sei, pode até ser... Ele domina o tempo, cura as cicatrizes, faz ser possível o amanhã...
    “O tempo... o tempo é mercúrio cromo”.

    ResponderExcluir
  3. Da mesa 4, eu separei este:

    http://vezenquandopub.blogspot.com/2011/08/poesia-um-santo-remedio.html

    .poesia, um santo remédio.

    Eu acredito no poder de uma oração, no poder do pensamento positivo, no poder das palavras!
    Se você também acredita, antes de tentar curar o mal com doses químicas, cure com palavras!
    Lhes apresento um projeto muito interessante que conheci esses dias: Poesia, um santo remédio!

    ResponderExcluir
  4. Da mesa 5, eu adoro este:

    http://vezenquandopub.blogspot.com/2011/10/gentileza.html

    .gentileza!
    Hoje resolvi falar de uma temática que não é nada nova, todavia merece ser sempre lembrada: "gentileza gera gentileza" e ".".

    Falando nisso... Alguém lembra da história do Profeta? Muito bacana. Lembrei dela quando li o post do Marcus falando das poesias em nossos ônibus (aqui em POA) ... E pasmem! Passou uma matéria sobre isso HOJE (26/10) no Jornal do Almoço.

    José Datrino, mais conhecido como profeta Gentileza foi uma personalidade urbana carioca, espécie de pregador, que tornou-se conhecido a partir de 1980 por fazer inscrições peculiares sob um viaduto no Rio de Janeiro, onde andava com uma túnica branca e longa barba.

    ResponderExcluir
  5. Da mesa 7, eu adorei este:

    http://vezenquandopub.blogspot.com/2011/10/vamos-comer-um-drink.html

    Vamos comer um drink?!
    Como vocês devem perceber eu adoro novidades e adoro falar de trends. Procurando um assunto bacana pra minha postagem semanal eu descobri que existem drinks moleculares, surgidos a partir da tendência da gastronomia molecular, expressão criada em 1988 pelo físico húngaro Nicholas Kurti, da Universidade de Oxford, e pelo químico francês Hervé This, referindo-se à ciência que estuda os fenômenos físicos e químicos na cozinha. Porém, foi o chef catalão Ferran Adrià que passou a desconstruir os alimentos, transformando sólidos em espumas, líquidos e emulsões. O restaurante El Bulli, na Espanha, serve caipirinha de nitrogênio com a consistência de sorvete!

    ResponderExcluir
  6. Bueno, pela ordem das mesas:

    -Mesa1 - Carla

    .seja feliz e pronto.
    Já que iniciamos a semana no meio de um feriadão no Brasil, eu hoje resolvi hoje falar de algo essencial para que a nossa vida tenha sentido: felicidade. Nessa segunda-feira veja e sinta as coisas como elas realmente são: passageiras!. Não perca tempo com o que não faz sentido. Não se permita perder tempo da vida com coisas que não valem à pena, que não fazem o menor sentido. Busque a sua felicidade em primeiro lugar. Faça coisas que lhe dê prazer e que acrescentem algo de positivo. E não esqueça:

    Bom mesmo é ter sorriso no rosto e paz no coração!

    -Mesa 3 (que ainda não era mesa)- yo

    .as vezes tudo, muitas vezes nada.

    As vezes espero um sinal...
    As vezes me engano e chamo outra pessoa pelo seu nome
    As vezes quero dizer que te amo, mas não consigo
    As vezes sonho antes mesmo de dormir
    As vezes relaciono cheiro da chuva com saudade
    As vezes quero repartir contigo a minha felicidade...

    ResponderExcluir
  7. -Mesa 4 (que tbm não era mesa) - Pablo


    .amizades modernas.


    Com o avanço tecnológico as coisas vão mudando, as pessoas vão mudando e tudo muito rapidamente. Nossos conceitos também!

    Eu sou do tempo que não existia e-mail. Que internet era coisa de outro mundo (ou outros países). E quando inventaram o ICQ todo mundo ficou maravilhado.... lembro que fiquei tri feliz quando aprendi a criar e usar uma conta de e-mail. E ficava mais feliz ainda quando recebia uma mensagem de alguém.

    Agora tudo avançou muito rapidamente. Hoje temos celulares com câmeras de alta resolução e que acessam a internet e podem compartilhar tudo que registramos.. tudo isso enquanto você pega um ônibus ou está trancado em um engarrafamento.

    Mas nesse mundo moderno em que vivemos existem muitas contradições.
    Idéias como: redes de amizades, compartilhamento de informações, redes sociais, globalização, encurtamento de distâncias...
    Convivem tranqüilamente com o egocentrismo das pessoas, a crescente violência, hipocrisia das autoridades, desigualdades sociais e coisas do gênero. As pessoas estão cada vez mais egoístas, ignorantes (em todos os sentidos)... se matam por brigas no trânsito, só pensam em tirar vantagens sobre os outros... enfim, um caos.

    Sobre todas as coisas que mudaram nos últimos tempos, esses dias parei para pensar especialmente sobre uma delas: as amizades.

    Não sei se isso ocorre somente comigo, mas hoje tenho dificuldade de fazer amizades sólidas. Não me refiro aos “conhecidos”, porque isso ainda é fácil, mas me refiro às amizades como antigamente... aquelas pessoas que a gente pode contar em todos os momentos, bons e ruins. Achei que a internet fosse facilitar.. mas hoje penso que não facilitou nem dificultou.. apenas modificou... as relações mudaram.

    Tenho amigos do passado que mantenho uma proximidade até hoje. Pessoas que conheço desde os tempos de Lobinho (do grupo escoteiro), e que ainda falo semanalmente. Tenho amigos que moram no exterior e que, se não fossem os meios virtuais, eu não teria como manter contato freqüente.
    Entretanto no dia-a-dia, nas empresas, nos círculos sociais, parece que as amizades são muito superficiais.. parece que fica difícil adquirir confiança...

    (continua)

    ResponderExcluir
  8. ...
    Mas daí surgem algumas pessoas que, através de um simples blog, criam vínculos absurdamente sólidos. Pessoas que você nem conhece pessoalmente, mas que são capazes te entender plenamente. Pessoas que estão distantes mas enxergam nossas lágrimas e percebem o momento de nos consolar. Pessoas que nos fazem sorrir mesmo em momentos difíceis e que nos deixam preocupados no caso de eventuais desaparecimentos. São pessoas que talvez nunca tenham a dimensão dos efeitos que causam em nossas vidas, mas que são realmente importantes.
    Como "somos responsáveis pelo que cativamos", não devemos tratar com descrédito essas amizades virtuais... elas são tanto ou mais importantes do que as outras.

    Será que meus amigos virtuais concordam?



    -Mesa 5 - Grassi

    .gentileza!
    Hoje resolvi falar de uma temática que não é nada nova, todavia merece ser sempre lembrada: "gentileza gera gentileza" e ".".

    Falando nisso... Alguém lembra da história do Profeta? Muito bacana. Lembrei dela quando li o post do Marcus falando das poesias em nossos ônibus (aqui em POA) ... E pasmem! Passou uma matéria sobre isso HOJE (26/10) no Jornal do Almoço.

    José Datrino, mais conhecido como profeta Gentileza foi uma personalidade urbana carioca, espécie de pregador, que tornou-se conhecido a partir de 1980 por fazer inscrições peculiares sob um viaduto no Rio de Janeiro, onde andava com uma túnica branca e longa barba.

    -Mesa 7 - Tati

    Sabedoria, pra quem não tem!!!!
    "Tem coisa que eu deixo passar. Não vale a pena. Tem gente que não vale a dor de cabeça.Tem coisa que não vale uma gastrite nervosa. Entende isso? Não vale. Não vale dor alguma, sacrifício algum."

    Sábio Cazuza!

    -Palco Viptor Hugo

    http://vezenquandopub.blogspot.com/2011/11/e-com-voces-no-palco-viptor.html

    (...)

    Grassi, poderia dizer que este teu poste foi um dos melhores de todos, pois me diverti revendo/relendo esses nosso 06 meses!!

    =)

    tive que separar pois extrapolei o numero de caracteres hauhauahuha

    ResponderExcluir