Mesas

Mesa 1
Carla
Mesa 3
Marcus
Mesa 8
Cris
Mesa 10
Victor Hugo
Mesa 11
Amanda
Mesa 12
Juliana
Mesa 14
Karina

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

.receita de ano novo.

Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha, você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?) Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

domingo, 30 de dezembro de 2012

.como será 2013?.

Pois é, se foi 2012 e levou o fim do mundo junto, portanto temos que pensar em 2013. Como meu tema é futebol vamos lá.
Começamos o ano com um gauchão desinteressante, Grêmio focando a Libertadores e o Inter preparando o time pro restante do ano. Na minha opinião o Gauchão deveria deixar de ser disputado pela dupla, mas é outro assunto.
Os favoritos para a Libertadores são Corinthians e São Paulo, o Grêmio entra como azarão, mas como a LIbertadores é uma competição que dá para ganhar dando coice, tudo pode acontecer.
Copa do Brasil esse ano vai ter todo mundo, é onde o Inter vai botar as fichas como todo mundo, vai ser um bom campeonato.
Brasileirão é aquilo, ganha quem tiver regularidade, da dupla o Inter tem mais chance.
Temos em 2013 uma prévia da Copa do Mundo com a Copa das Confederações, Felipão e Parreira e um time sem craques. Acho que o Brasil é favorito sempre.
Então, teremos um 2013 cheio de emoções, vamos aproveitar as festas e quando os jogos começarem vamos nos divertir, afinal o futebol é o ópio do povo.
Feliz 2013 pra todo mundo!!
...
A DUPLA:
GRE: nada aconteceu até agora e assim nada vai acontecer ano que vem, precisamos de 2 zagueiros, 1 primeiro volante e 1 atacante de velocidade no mínimo, oremos!!
NAL: pra eles faltam 2 laterais direito, o resto é o Dunga fazer os caras jogar, o Bolivar deve ir, mas o Kleber fica, Guina e Dale ficam também, eles tem que mandar outros gringos embora, vamos ver no que dá.

...

baita tema:
O argumento principal do samba era o fato do técnico não ter encontrado, até então, um substituto para Pelé, que se despediu da seleção canarinho em 1971.
Clica abaixo e curte!!


sábado, 29 de dezembro de 2012

Contagem regressiva para a virada



"Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheças pessoas com um ponto de vista diferente. Espero que tenha uma vida na qual se orgulhe, e se você descobrir que não tem ... espero que tenha forças para conseguir começar novamente." (do filme O curioso caso de Benjamin Button)

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Que venha 2013!



Meu cérebro comporta a complexidade do universo dentro da minha caixa craniana. Ele tem cerca de 100 bilhões de neurônios. Beirando os 40 anos, talvez pouco menis que isso [Pausa para os risos] e cada um é capaz de estabelecer 7 mil conexões sinápticas.

Sendo assim, espero que em 2013 eu possa explorar essa maravilha da nautreza humana para me conhecer mais, para conhecer aquele que eu admiro e principalmente para "tentar" entender aquele que me distancia. Porque apesar de todos os avanços da neurociência para entender o ser humano, ela ainda não explica tudo!

Não há como medir cientificamente os sentidos que atribuímos às coisas.

Obrigado de coração por contribuírem para o meu crescimento pessoal neste ano que encerra em breve!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

.ho-ho-ho 2012.




(...)

Então é Natal...

...que o Menino Jesus os abençoe e que com ele nasça a esperança de novas realizações.

Forte abraço
(Marcus de Carvalho)

domingo, 23 de dezembro de 2012

.futebol de final de ano.

Fim de ano, sempre tem um futebolzinho de confraternização. É importante, a gente vê pessoas que não vê há um tempão, fala bobagens e esquece do mundo, e do fim do mundo também.
Fim de ano a gente vê pessoas que nao vê normalmente, os parentes de longe e amigos antigos. Hoje me atrasei no post porque estávamos na estância do meu primo Marcio e de lambuja estava meu outro primo Nico, ambos eu não via há 2 anos, pena que são colorados!! Esse foi meu futebolzinho de fim de ano, fiquei defendendo o futebol força e eles defendendo o futebol arte, 2hs de bateção de boca, depois falamos da vida e dos filhos. Baita programa. É importante encontrarmos pessoas, seja de visita ou num futebolzinho de fim de ano.
...
A DUPLA:
GRE: tudo na mesma, tirando aquela entrevista infeliz do Koff. Aguardo
NAL: mesma coisa, o Dunga aguardando a reformulação do grupo.
...

"Jhony estuda
Se forma hoje é doutor
Mas só pensa em futebol
Futebol" (Tim Maia)

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

.nota mental, caso o mundo acabe.

.
.
.

.a saudade é nossa alma dizendo para onde ela quer voltar.

[ Rubem Alves ]
.
.
.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Kintsugi

Já faz um tempo que não apareço. Hoje li uma coisa muito bonita que merece ser compartilhada (invadi a mesa de alguém?)

Quando os japoneses consertam objetos quebrados, eles preenchem as rachaduras com ouro. Eles acreditam que quando algo sofre algum dano, tem uma história, e há conserto, vale a pena repará-lo. Quando alguns vasos se quebram, eles não perdem seu valor. De fato, ao consertá-lo, ele torna um objeto único e especial. E passa a valer mais do que antes.


* Kintsugi é a arte japonesa de consertar peças de cerâmica quebradas com uma resina laca polvilhada com ouro em pó.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

.me traz na bagagem, tua viagem sou eu.

Vou pra Uruguaiana, no fim de semana,
Ver os pirilampos se multiplicando
Um touro berrando na costa do mato do Ibirocaí...

Se eu pudesse, ontem eu já tinha ido
Num vagão de carga, desses que se vai
Matar a saudade de tomar um banho no Rio Uruguai!
 
(...)
 
 
• 645 km
• 07hs de viagem.
• 01 parada programada
• ...como é longe Uruguaiana!
 
(...)
 
Infelizmente não me enxergo mais morando no Velho Oeste. Isso não significa que não deseje voltar... todo dia penso na possibilidade disso acontecer e a cada dia esta possibilidade fica ainda mais distante.
 
Quem sabe depois que encerrar o ciclo da capital.
 
(...)
 
Bueno, este é o último post da mesa 3 em 2012... estarei de volta no dia 09/01 do ano que vem. Vou beber mais alguns goles das águas do rio Uruguai.
 
(...)
 
Feliz Natal e que MMXIII seja tão bom quanto MMXII.
Fiquem bem.
 
(...)
 
Que venha em paz
O ano que vem
Que venha em paz
O que o futuro trouxer
(hg)



domingo, 16 de dezembro de 2012

.futebol x football.

O segundo esporte mais visto lá em casa é o football (futebol americano) e o que me chama a atenção é que não há brigas. Estava olhando NEW YORK JETS vs TENNESSEE TITAN quando um defensor dos Jets deu um encontrão no atacante dos Titans e esse deu um rodopio no ar e caiu de cabeça no chão. O jogo parou. O atacante se levantou e foi em direção ao defensor e eles se cumprimentaram, bateram as mãos e fizeram um “sim” com a cabeça e segue o game.
Assim como o rugby, o football é um jogo viril, mas não desleal. Aliás, o rugby tem um terceiro tempo, onde os “donos da casa” devem proporcionar um jantar para o time visitante (isso está na regra do jogo). A lealdade e o respeito fazem parte desses dois esportes onde o oponente é adversário e não inimigo...
...
Assim sendo, a comparação com o nosso futebol é inevitável. Somos selvagens e não temos nenhuma lealdade, queremos ganhar a qualquer preço, mesmo que seja roubando, tirando vantagens, ludibriando a arbitragem...
Opa! Mas isso é o Brasil. Somos realmente o país do futebol e não do football.
...
A dupla:
GRE: nada acontece no novo estádio, sem reforços estamos igual ao co-ermão. Precisamos de 4 reforços, 2 zagueiros, 1 primeiro-volante, 1 atacante veloz.
NAL: Dunga confirmado, chegou revolucionando, tirando pessoas do contato com os jogadores, mas sem reforços e despensas o Dunga não tem muito que fazer.
Esperamos mais dos dois times para 2013.
...

“No pais do futebol eu nunca joguei bem
Poderia ser um sintoma, mas meu jogo de cintura
se manifestou de outro jeito
É que eu não sei mentir” (O Rappa)

.a cura.

.
.
.
.
.
.
. a cura para tudo é sempre água salgada:
o suor, as lágrimas ou o mar.

[ Isak Dinesen ]
.
.
.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

.ou acaba ou desocupa a moita.


Volta e meia vezenquando, fim do mundo. “To” de saco cheio desse assunto. A partir de hoje não falo mais disso, de bico seco. Cara, você ter que divagar sobre o fim dos tempos sem um brilhinho, não dá.
Pior é que tem gente que prepara todo um ritual apostando todas as fichas no calendário Maia...

(...)

Para aqueles que ainda acreditam na minha descrença:
- O mundo acabará quando menos se espera, no tempo certo, conforme a predestinação de cada um. 
- Não considero o Natal a data máxima do Cristianismo e sim a Páscoa... o Natal comemora o nascimento do Menino Jesus. A Páscoa a ressurreição. Ora bolas, nascer qualquer um nasce.

(...)

- Ok, mas e se acabar mesmo? 
- Acho que aí acabou, né.
- tá, mas e se não acabar?
- acho que aí não acabou, né. E reza para que você não tenha feito nenhuma besteira daquelas de sentir vergonha só de lembrar.

(...)

Bueno façam os comentários que quiserem e se quiserem, mas só irei responder se me prometerem aquele brilhinho.


(Vídeo by Milena Lens)

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

As vantagens de ser invisível

Esta semana tirei o meu chapéu para um grupo de alunos meus que estão terminando o ensino médio.
Eles montaram um vídeo maravilhoso contando a trajetória deles dentro dos muros da escola.
Fiquei emocionada.
De quebra, descobri um filme que mexeu bastante comigo e em especial a seguinte fala:

"Eu sei que tem pessoas que dizem que essas coisas não acontecem e que isso serão apenas histórias um dia. Mas agora nós estamos vivos.
E nesse momento, eu juro nós somos infinitos."
Como os adolescentes são intensos! Quanta vida! Quanta urgência esquecida depois na vida adulta...
Momentos eternizados!
Que momento da sua adolescência você gostaria de eternizar?





segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Feliz aniversário!

Hoje tem festa no blog! 



Parabéns, Carla! Que haja sempre sorte, saúde e ousadia no teu caminho. 



domingo, 9 de dezembro de 2012

.um sonho chamado futebol.

Atrasei o post porque estava fazendo o áudio de um video para a "Peneirinha Gilette" e estou sensibilizado com os depoimentos da gurizada que sonha em ser jogador de futebol. Sim o futebol é a esperança, para muita gente, de ter um futuro melhor para si e para sua família. É como uma mega sena.
O brasileiro não tem por costume acreditar em educação e sim crê no talento, no dom individual, isso é com o futebol e também com a música, esquecemos que o dom é fundamental, mas o estudo é o caminho. Precisamos ensinar a especialização para nossos pequenos.
Os pais fazem seus filhos acreditar que eles tem o talento e jogam toda a responsabilidade emcima do guri para ser jogador de futebol e ganhar milhões de euros e ajudar toda a familia. Na realidade vemos que poucos que conseguem essa projeção e quando conseguem não tem estrutura psicológica para manter esse patamar.
Os Ronaldos e Kakas são raros, os Adrianos são comuns, mas a maioria não chega nem perto de jogar profissionalmente.
Hoje no Grêmio temos um exemplo de falta de estrutura emocional, o Anderson Pico, por exemplo, se perder 10kg vira milhonário, por causa do talento que tem, mas está a 4 anos patinando.
O dia em que o Brasil valorizar a educação, não só teremos o melhor futebol do mundo, como teremos também os melhores cientistas e artistas do planeta. Então ensinem seus filhos a estudar, porque depois eles podem ser o que quiserem.
...

A DUPLA:
GRE: linda festa e estou orgulhoso com a Arena Portoalegrense, precisamos de um time a altura desse estádio. 5 contratações e todas as renovações, estaremos prontos para 2013.
NAL: a politica se sobrepôs ao futebol, terão que fechar com o Dunga por causa da eleição do conselho, senão a situação vai perder cadeiras e força, realmente devem estar esperando dia 21/12, se o mundo não acabar eles começam a correr.
...

"como todas as crianças
que nada sabem, que sabem tudo
que aprendi a brincadeira
fazendo música, jogando bola"(Pedro Camargo Mariano)

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

.mascara de ferro.

Periga você não acreditar em mim
Eu não nasci de óculos
Eu não era assim

(...)
 
Cara, quando pequeno achava o máximo as pessoas que usavam óculos... desde então sempre quis usar, até o dia que tive a necessidade.
Hoje eles estão na moda, vários aros, multicoloridos, design para todos os gostos. Fiquei sabendo de gente que faz o uso de óculos com lentes transparentes (sem graus) apenas para compor o look. Ora, faça-me o favor!
Mas como dizia a “veia”, aquela que comia ranho: Gosto é gosto.
 
(...)
 
Já tive alguns pares de óculos... a escolha do aro é a parte mais chata, mas serve como teste para saber se as atendentes de ópticas são sinceras ou legítimas vendedoras. Na opinião delas, eu tenho um rosto que se encaixa em qualquer tipo de aro... a única pessoa que pensa da mesma maneira chama-se Olga, minha mãe.

As mães nunca acham os filhos feios, por mais que sejam. As vendedoras nunca acham que uma roupa ou um acessório não ficou bem, no cliente... Isso é uma característica genética mutante que as mulheres possuem e que fica oculta até a maternidade e/ou até o dia de serem contratadas pelo comércio de vestuário e ópticas.
 
(...)
 
O que mais me incomoda nos óculos, além de todo o resto que o compõe, é o custo, os olhos da cara (ridículo este trocadilho).

Um belo dia resolvi mudar, fui atrás de lentes de contato... já não cabia mais a estratégia de tentar esconder uma paralisia facial atrás de uma mascara de ferro com lentes. Escolher uma lente de contato não deveria ser tão difícil quanto a escolha da armação. Já de cara resolvia um dos problemas, não julgar a atendente por parecer simpática demais.

Lentes compradas, sorriso no rosto. Havia feito algo que mudaria por completo a minha vida. Só não iria mais ter a desculpa pelos chutes na canela e a velha falta de habilidade na hora de dominar a bola... pensei seriamente em esconder o uso das lentes e revelar apenas depois de um lance majestoso, não sei mentir e sabia que não haveria tal lance.
 
(...)
 
Nas primeiras semanas acordava 2hs mais cedo, para não correr o risco de atrasar a minha filha para a escola... as primeiras semanas duraram três meses. Hoje, um ano e meio depois, nem uso o espelho.
 
(...)
 
Hoje, estou de óculos, as lentes estavam me causando um desconforto estranho... acho que meus olhos estavam precisam de um descanso.
 
(...)
 
Bueno, desce mais uma e encerra a conta... antes que o mundo acabe.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

A idade certa para cada coisa - Uma breve análise da linha da vida!

4 de dezembro de 2012. Menos de 30 dias para este ser humano que vos escreve, completar 40 voltas em torno do Sol. Apesar da correria deste final de ano, tenho pensado muito o que significa entrar nos "enta".
Uma amiga disse que nunca foi de pensar muito na vida, em questões existenciais, mas de um tempo pra cá está bastante reflexiva.
Vamos relembrar como funciona essa linha da vida?

Da infância até os 12 anos, o cérebro trabalha feito louco! É o que os neurologistas chamam de exuberância sináptica. Ou seja, se aprende com uma facilidade tremenda.
Neste período descobrimos o mundo, e ele por sua vez, começa a dar indícios de como a vida pode ser doce e amarga ao mesmo tempo...
Ok! Superamos a infância e ganhamos a famosa e conflituante adolescência ou seria aborrescência?
Pare o ônibus que eu quero descer!!!!!!!!!!! Relembrar este período pode ser doloroso.
Tudo é MACRO!!!! Do beijo na boca ao corte de cabelo que saiu errado.
Me poupe! Pobre dos pais que precisam lidar com isso em um momento em que já esqueceram como era ser um integrante da mesma tribo.
Então, dos 20 aos 30 anos saímos em busca de novas experiências, gozando de maior liberdade. Oba! Aqui o cérebro já queimou alguns neurônios e passamos a entender a complexidade das coisas mais abstratas, leia-se: - "tomando muito na cara"!
É meu caro, a maturidade psíquica leva tempo pra caralho! E POR CERTO, ALGUNS NUNCA CHEGARÃO LÁ!
E o que vem   quando entramos nos enta?
Agora cheguei n X da questão.
Não sei a resposta!
A partir de janeiro inicio um novo ciclo de vida e não parei para pensar se estou apavorada ou extasiada!
Lembrei da narradora do livro da Lya Luft (O tigre na sombra) quando diz: "o fluxo da vida é singularmente persistente". Assim, vou persistir!!!! E mais! Vou seguir o conselho da Dôda, personagem deste livro - Nada de culpas! Me liberto de todas elas!
Entro nos quarenta novinha em folha (metaforicamente falando!)
"A culpa é uma mochila cheia de tijolos, você leva pra cá, pra lá, e não adianta nada".
Portanto, abra esta mochila que você comprou lá nos seus 20 e poucos anos, e jogue todo o peso fora! Alivia um pouco a tua caminhada.
E por favor, não espere chegar aos 40 como eu para fazer isso!
Bom final de terça pra vocês!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

domingo, 2 de dezembro de 2012

.adeus olímpico monumental.

Quis o destino que o último jogo oficial do Olímpico fosse um GREnal, quis que o fim de uma era fosse marcado com o clássico dos clássicos, afinal todo RS , metada de SC e uma parte do PR estarão ligados nesse jogo. Pessoalmente não acho que o GREnal é um campeonato a parte, mas respeito que pense assim, afinal o inter dá prêmio para os jogadores ganharem o GREnal, o Grêmio eu não sei, mas deve ser igual, porque somos iguais, apenas temos cores diferentes. Acho que o último jogo do Olímpico é mais relevante do que o GREnal, por isso me lembro mais da final da Libertadores em 83, estávamos lá eu e meu pai, atrás da goleira onde o César fez o gol do título, bem na nossa frente, alias nos anos 80 eu e meu pai fomos muito ao Olímpico, GREnais com o Renato, o do frango do Taffarel num cruzamento do Jorge Veras e até nos GREnais do século, o Olímpico e o Grêmio do Felipão nos anos 90 eram uma dupla perfeita, sozinho fui no jogo contra o Palmeiras do Luxa em 96, que o bandeirinha nos roubou e fechou o tempo depois do jogo. Fui muito ao Olímpico e tive ótimos momentos, como todos gremistas e colorados também tiveram.
Bueno, adeus Olímpico e bem-vinda Arena, eu olho para o futuro e espero que o Grêmio se torne maior do que seu novo estádio.

A dupla: Pela primeira vez vou escrever antes do jogo, o Grêmio é o favorito:
GRE: Estamos sem nosso ataque titular, se der a lógica 1x0 pra nós, igual ao GREnal do Beira-Lago, mas a torcida vai empurrar pra cima e o Grêmio não jogou bem com o estádio lotado, parece que pesa a camiseta, esse é o perigo.
NAL: se os caras quiserem jogar vai ser parelho, a desvantagem do co-ermão é que não tem organização tática e depende exclusivamente da capacidade individual dos jogadores, eles têm qualidade, mas será suficiente? A partir das 17hs veremos.


Bom GREnal pra todos.

“Quero domingo uma guerra santa
Pra incendiar o "Porto", que vai ter GRENAL
Enquanto isso nos fundões do estado
A platéia vibra "nalgum" festival” (Pirisca Grecco)

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

.idade do condor.



...não tenho passado um único dia se quer, nesses últimos dois anos, sem sentir algum tipo de dor. Tudo começou com uma na perna esquerda, pensei ter dado um mau jeito jogando futebol, mas minha habilidade é tão fraca que não me permite se quer ser machucado numa partida.

Da perna esquerda para o quadril... vim a descobrir mais tarde de que se tratava de nervo Ciático. Por uma questão de má postura a dor começou desta vez na cervical .. esta, literalmente, me travou. Sim, consultei especialistas, mas tinha até vergonha de responder, quando me perguntavam, o que havia me levado até eles, disparava uma enxurrada de causas...

(...)

Como se não bastassem a perna esquerda, o nervo Ciático, a cervical... uma dor profunda no peito, muito forte, daquelas de faltar ar. - PQP! To fodido, é a morte, óbvio que é! Sem sombra de dúvidas!! Preciso respirar fundo... mais dor. Aí sim!

Levaram-me as pressas ao Instituto de Cardiologia, pressão estabilizada, de “18X14” à “14X09” e a dor no peito já menos aguda. Eletro, exames de sangue. Coração literalmente “bombando”.
- Tudo em ordem, tudo em paz... do coração tu não morre, meu filho.
- Tá, mas e a dor insuportável no peito, não vem me dizer que  são gases!?

(...)

Sem contar a enxaqueca, não a considero uma das dores dos últimos dois anos, essa me acompanha desde os 14 anos de idade.

(...)

Resolvi investigar... sou tão chato quanto as dores que sinto. Se é que realmente existem dores originalizadas de algum lugar, quem sabe da cabeça... 

(...)

...Outra síndrome.



terça-feira, 27 de novembro de 2012

O que te aprisiona?

Seguidamente repasso o dia para escrever no meu blog ou aqui na mesa 8.
Hoje quero falar da prisão de cada um de nós.
Qual é a minha? Mais fácil apontar a dos outros primeiro. Aquela que eu "julgo" saber qual é!
Enfim, o que me paralisa, o que cessa meus movimentos e acorrenta a minha alma.
As relações de amizade, trabalho e amor servem para nos manter em movimento ... ou não.
Você fica anos em uma relação envolta na areia movediça e de repente alguém te alcança um galho para te ajudar a sair daquela lama. Pronto, você limpa a sujeira e volta a se movimentar.
O trabalho já não satisfaz. Como ato repetitivo não percebemos o mal que nos traz. Aí vem aquele amigo de anos lembrando de suas habilidades para aquela vaga em outra área.
MOVIMENTO... RELAÇÕES  GERAM MOVIMENTO..OU NÃO!
Vi amigos mudando de estado e até de país.
Vi pessoas paralisadas em laços doentios de puro apego.
O medo cega, paralisa. O apego também!
O que importa é parar para se ouvir. Eu disse se ouvir REALMENTE!
A vida é breve... Não tão breve assim. Mas o fato de não conseguirmos retê-la pelo tempo desejado, é que faz-se necessário colocá-la em MOVIMENTO!
Então arrebente estas correntes e corra na direção daquilo que você DESEJA.
E se ainda não sabes o que desejas...
Aí eu meu caro, é sinal de que nunca parastes para ouvir o que está contido bem dentro de você!
Ou então, quem sabe, ouvir aquele ALGUÉM que está bem do seu lado tentando "insistentemente" te mostrar outra maneira de caminhar!
Lembrei do Vitor Ramil:

"Vem
anda comigo
pelo planeta
vamos sumir!
Vem
nada nos prende
ombro no ombro
vamos sumir!
Se um dia qualquer
ter lucidez for o mesmo que andar
e não notares que andas o tempo inteiro
É sinal que valeu
pega carona no carro que vem
se ele é azul não importa
fica na tua"



segunda-feira, 26 de novembro de 2012

.das coisas que a vida me ensinou.

.
.
.
.
.
.
.a única certeza que se tem 
acerca de um momento 
é que ele passa.
.
.
.

domingo, 25 de novembro de 2012

.além das quatro linhas.

Essa semana houve 3 fatos envolvendo o futebol fora do campo que julgo importante.
1) Queda do Fernandão no Inter. 2) Renovação do Luxa com o Grêmio. 3) Mano fora da seleção.
O Fernandão teria sido demitido pelo medo da direção do boicote dos jogadores no Grenal, isso mostra que o jogo em si é apenas 10% do contexto futebolístico de um clube. O inter sofreu o ano todo com indisciplina de jogadores, falta de convicção e inexperiência da direção e tudo deságua no GREnal, por medo de ter a imagem ligada a uma derrota histórica, a direção colorada prefere tirar o único que tentava fazer o certo e passa a mão na cabeça das cobras que moram no beira-lago, o último erro de 2012 que tinha terminado em meados de outubro, resta apenas esperar 2013 chegar. A renovação do Luxa é o contrário, por convicção da nova direção e do treinador, resolveu trabalhar junto e começar a fazer 2013 agora, sem planejamento não há vitórias, e o Grêmio já está se planejando. Pode dar errado, mas está fazendo certo. O Mano foi bode expiatório, boi de piranha, como preferir. Foi planejado com ele fazer uma renovação na seleção brasileira e fez, mas por óbvio não teve resultados no campo, então derrubaram. O maior erro da cultura futebolística brasileira é que os resultados determinam os rumos, enquanto planejamento e trabalho deveriam definir os rumos. O melhor exemplo é o Tite no Corinthians, 2011 perdeu a pré-libertadores em janeiro, uma derrota sem perdão, mas a diretoria bancou o Tite contra tudo e contra todos, por convicção e aconteceu o seguinte: 2011 campeão brasileiro, 2012 campeão da Libertadores, o título mais desejado pelos corinthianos e pode ser campeão do mundo, tudo porque a convicção suplantou o resultado.


A dupla:
GRE: ganhou 4x2, pra ser vice-campeão tem que ganhar o GREnal e está projetando 2013.
NAL: perdeu mais uma 0x2, 4ª seguida, não tem técnico, não quer o Dunga, mas é o único que tem e não sabe por que está perdendo. Resta o GREnal pra salvar o orgulho.
O GREnal da semana que vem é o último do Estádio Olímpico.

“Deixa o menino jogar ô iaiá
Deixa o menino jogar ô iaiá
Deixa o menino aprender ô iaiá
Que a saúde do povo daqui
É o medo dos homens de lá...” (Natiruts)

Contagem regressiva

25 de novembro ... falta pouco para o Natal!
31 dezembro está quase ali, basta dar um pulinho largo!
Já estou ensaiando algumas frases de efeito e imagens "chocantes" para compartilhar aqui.
Calma! Não fiquem agitados. Vocês vão gostar. Bem, talvez não! [muitos risos]
Mas o que vale é sacudir algo aí dentro de você! Sacou?!?
Comecemos então com esta imagem.
Por favor, retirem o que estiverem precisando realmente. Não sejam egoístas!
Um excelente domingo!


sábado, 24 de novembro de 2012

Eu quero que o tapete voe

Oii, gente!

Ontem tive a oportunidade de ver mais um show com o Arnaldo Antunes. (Carla, esse é o cara, mais do que o Robertinho hehe).

Essa música encerrou o show. Eu acho a letra dela fantástica.

Tem um jeito mais gostoso de ouvir coisas comuns da vida que dão medo, como o fato de envelhecer?


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

.dia do músico.

Não me considero músico... faço algumas composições de teimoso, onde já se viu um cara compor e não saber uma escala se quer!?
Pra mim o título se dá ao camarada que estudou e/ou que convive, que faz da música a sua razão de viver... conheço vários, tenho muitos amigos músicos, graças a Deus.

(...)
 
Convivo com a música desde que me conheço por gente. Meu irmão, Cesar Santos, a minha maior referencia musical começou a aperfeiçoar sua musicalidade aos 08 anos de idade +-, hoje, ele “brinca” de tocar violão e guitarra, faz parecer fácil... como se fosse apenas espalhar os dedos sobre o braço do instrumento e deixar o som escapar pela boca do tampo.
Não foram poucas as vezes que ele tentou me ensinar, mas sabe como é irmão mais novo, além de chato, não quer perder para o irmão mais velho.

(...)
 
Quando saíamos em viagem de férias o Cesar levava o violão, se deixasse, ele ia enchendo o saco de Uruguaiana a Porto Alegre, de Porto Alegre a Floripa... vezenquando, durante o trajeto, nosso pai pedia para ele solar “Menino da Porteira”. Era mágico. Assim como as apresentações que fazíamos para amigos e parentes... o Cesar tocando e eu cantando... aos 09 anos de idade eu tinha um repertório de uma música só: GURI. Mas somando os dois repertórios, o meu e o do Cesar, nosso setlist chegava a umas 20 músicas mais ou menos (mais por conta do dele, menos por minha conta). E um detalhe, naquela época o Cesar não cantava... música clássica na veia!

(...)
 
Poucos caras tem a sensibilidade musical do Cesar...

 
 
(...)
 
Fica aqui o meu abraço e os meus parabéns a todos os meus amigos músicos de “A” a “Z” (pra não cometer o pecado de esquecer alguém).
 

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

.apenas mais uma de amor.

 
Qual parte do eu te amo que você não entendeu?

(...)

Vezenquando o amor (re)surge por aqui, na mesa 3.
Não curto muito essa de ficar discutindo o amor e tal... até porque eu tenho uma opinião formada e distinta de tudo isso que as pessoas (maioria) sentem e juram de pés juntos que é amor!?

(...)
 
-O que fazer com o amor depois que o mundo acabar?
- Se for amor, não acaba!
...Não vejo a menor serventia de um amor durar para sempre se não existir ninguém para sentir o aperto no coração.
 (...)
 
Deveríamos parar de discutir, de tentar mensurar o amor e começar a praticar. Comecemos pelo amor próprio. "Quando se aprende a amar, o mundo passa a ser seu."
 
(...)
 

 

terça-feira, 20 de novembro de 2012

A grande lição do dia!






Sábio é aquele que aprende de todos.

Poderoso é aquele que consegue conter a si mesmo.

Rico é aquele que se satisfaz com o que tem.

Respeitado é aquele que respeita o outro.

Só para fechar com chave de ouro ...

Fui!

Crédito no banco da Vida!



"Todas as manhãs, ao acordar, recebemos um crédito de 86.400 segundos de vida para aquele dia, e quando vamos dormir à noite não há transporte dessa quantia. O que não foi vivido naquele dia está perdido, o ontem acabou de passar. Todas as manhãs essa magia recomeça, ganhamos um novo crédito de 86.400 segundos de vida e essa regra do jogo é incontornável: o banco pode fechar nossa conta a qualquer momento, sem nenhum aviso prévio!" (trecho do livro E se fosse verdade ...)
Buenas, vejo que usei pra caramba meus créditos hoje.
Aliás, nem os vi passar! Mas confesso que não gostei nadinha de ter perdido parte deles com um dos 3 venenos da mente me rondando. Segundo o budismo fui picada pelo bichinho da raiva! Os outros dois são o apego e a ignorância (tão nocivos quanto o primeiro que citei).
Trabalhar com a raiva é difícil demais. Se guardamos para nós, corrói por dentro. E se jogamos para fora, acabamos despejando em outra pessoa.Então qual o caminho que eu devo seguir?
Preciso recorrer aos meus livros de cabeceira.
Um momento, por favor!
Louise Hay, no livro intitulado, Você Pode Curar a sua Vida, diz que a raiva é pura cólera. Uma crença em que a violência é a resposta. O novo padrão de pensamento para dissolvê-la deve ser: "sou cercado e habitado pela paz".
Depois de tentar entender a raiva recorro ao meu livro de orações da Seicho-No-Ie.
Faço uma oração para purificar a mente:
"O Amor de Deus se derrama sobre mim.
Estou envollto pelo Amor de Deus e preenchido
pelo mesmo Amor divino.
Fui purificado de todos os pecados, ódios, rancores e mágoas do passado".
Passou a raiva? Não!
Penso então em tomar uma cerveja geladinha para amortecer essa marvada que me atormenta!
Não tem uma garrafa de Stella na geladeira...
Então respiro fundo e resolvo colocar a casa em ordem. Pensei até em pegar um bom balde com água e lavar o piso da sala, mas daí era dar muito crédito para este sentimento tão infame.
No final das contas, aniquilei meus créditos do dia escrevendo este texto.
E não é que a danada da raiva deu no pé!

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

.eu desejo.



Eu desejo que você consiga perceber a sua força, por causa e apesar de. Que saiba que é grandioso demais para achar que não é, mas que, às vezes, têm limitações que precisam ser trabalhadas. Eu desejo que você, antes de me contar seus defeitos, que fale para se escutar sobre as suas qualidades, as essenciais, porque o material não te faz mais bonito ou menos interessante, seu coração é a sua nobreza. 

Eu desejo que no mundo haja mais pessoas com a sua generosidade, mas que sua percepção disso seja convertida para o seu Bem também. Desejo que você não apenas ajude, mas aprenda a pedir ajuda: se humildando na sua capacidade de dar e se permitindo receber o que é justo. Desejo que, no auge do seu cansaço, você não fuja, que simplesmente consiga chorar por um profundo respeito a si mesmo. E que deixe que o Universo te afague, que a Vida te acaricie, que um Poder Superior te ouça e dê o colo que você precisa. 

Eu desejo que você possa dormir quando sentir sono. E que possa acordar com a boa notícia que espera. Porque você merece comemorar mais uma vitória. Você merece sorrir com seu coração.


[ Marla de Queiroz ]

.desse jeito.

.
.
.
.
.
.

domingo, 18 de novembro de 2012

.manifesto anti-grenalização.

“A lógica gaúcha: eu perdi mas ele não ganhou, então está tudo bem! Este pensamento infelizmente atrasa nosso estado”  Li isso no FB do meu amigo Thyago Borges, e caiu como uma luva pra esse momento, desde quinta a gente vê isso, o Grêmio saiu da Sula e os colorados saíram do túmulo, tudo bem faz parte da corneta, mas esquecer tudo que deu errado com a folha mais cara do futebol nacional, mas o Grêmio perdeu? Ufaaa, podemos seguir errando, mais vale a derrota do adversário do que a nossa vitória, por que isso? E isso sim atrasa nosso estado, quando não temos com quem brigar, brigamos conosco mesmo, observamos os chimangos e maragatos, nativismo e tradicionalismo, gre-nal, e tudo aqui no RS é assim, não temos que ser melhor que nosso opositor, ele tem que ser pior do que nós, assim nos nivelamos por baixo e não vamos pra lugar nenhum.
E essa situação futebolística se espalha pra todos os setores da sociedade, profissional e pessoal,  no trabalho a competição é puxar o tapete ao invés de ser mais competente. No âmbito pessoal é indicar os defeitos das pessoas, ao invés de tentar melhorar nossas coisas. As pessoas lutam pra manter a situação e não para melhorar, esse efeito nefasto da grenalização é o que nos atrasa, quem sai ou convive  com não-gaúchos nota que o mundo esta andando e nós estamos estagnados, economicamente, socialmente e intelectualmente.
Então sejamos melhores que os outros, que o Fluminense, São Paulo, Boca Juniors, Real Madri... e não simplesmente se alimentar com a tragédia do co-ermão, há um mundo muito maior depois do Mampituba.

Dupla
GRE – Caminhamos tomamos 2 da Portuguesa , trotamos empatamos 2x2. Luxa deve estar acertado pra 2013.
NAL – Mais um resultado normal,  2 a 0 pro Corinthians, num melancólico amistoso entre os escombros, deve acertar com o Dunga pra 2013, mas tudo bem o Grêmio perdeu né!


“Ela é o que meu médico receitou
Rivaldo Maravilha mandando um gol
Minha chapação...”
                              (Mundo Livre S/A)

sábado, 17 de novembro de 2012

Não aguento quando...

Casar até os 30, ter dois filhos até os 40, caber numa calça 38, ser bem sucedida profissionalmente, manter-se jovem, magra e linda.

O que existe entre o Era uma Vez e o Felizes para Sempre que nos narram os contos de fadas? Olha que bacana o manifesto que encontrei.








Aproveite para curtir a página no Facebook: http://facebook.com/NaoAguentoQuando

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Dicas para chegar lá

O nome dela é Ginni Rometty. Primeira mulher a comandar a IBM deve cumprir, nos próximos três anos, a meta de aumentar os rendimentos da companhia em 20 bilhões de dólares.
Faço referência porque serve como inspiração as histórias compartilhadas com seu marido, estão casados há 32 anos, e que revelam uma máxima - uma pequena frase, pode fazer toda a diferença!
Quando estava no início da carreira, ela recebeu uma excelente proposta de trabalho que julgou, naquele momento, acima da sua capacidade.
Ouviu uma resposta prática e direta do marido: "você quer declinar do trabalho porque não se sente capaz... Sei ... Consegue imaginar um homem em seu lugar dizendo isso"?
 Depois desta resposta, ela aceitou o emprego!
Outra dica veio de um chefe que lhe disse que não importa qual é o seu negócio, ele vai se desvalorizar com o tempo. Você tem que mudá-lo constantemente para torná-lo relevante.
A única maneira para crescer sempre é fazer aquilo que "você não sabe fazer".
Lembrei "daquela" pessoa que senta na mesa 1 deste bar! E também desta que senta na mesa 8!
Bom feriado!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

.Nunca/Mas.

Nunca mergulhei no Caribe
Mas mergulhei em Bombinhas
Nunca tive um batom Givenchy
Mas já tive um Lâncome e um Boka Loka
Nunca tive o corpo da Gisele Bündchen
Mas sempre tive os homens que desejei
Nunca consegui dar um rolinho de morey boogie
Mas tinha um Mach 7-7 e tomei várias "vacas"
Nunca coloquei silicone nos seios
Mas tenho o sutiã nº 46
Nunca consegui levar uma dieta até o fim
Mas sei como emagrecer com saúde e sem ...

O barato da palavra "nunca" é que ela só vai valer mesmo depois que a gente morrer. Porque enquanto estamos vivos, tudo está valendo! Tudo está em tempo de acontecer.

.(...).




"O destino é simplesmente a forma acelerada do tempo."
(Jean Giraudoux)





  

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Quero água fresca!

Semana curta.
Agenda longa!
3 dias para resolver 3 mil coisas ao mesmo tempo.
Quem já não passou por isso?
Lembrei do trecho de um livro sobre gestão e que fala sobre o grau de envolvimento com o trabalho que desempenhamos.
Muckinsky (2004, p.305) define envolvimento com o trabalho como "[...] o grau de identificação psicológica da pessoa com o seu trabalho e a importância do trabalho para a auto-imagem."
O que eu quero dizer basicamente é que quando estamos realmente envolvidos com o que fazemos nossa imagem fica positiva.
Trabalhei sozinha este semana. Um setor inteiro nas costas e sempre com um sorriso no rosto!
Acho que isso vale ouro para minha auto-imagem!
Fica aqui a minha dica profissional.
Beijo para todos!
Que venha a quarta!Quero água fresca!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

.o abraço.

.
.
.
.
.
.
"Somando os prós e os contras, as boas e más opções, onde, afinal, é o melhor lugar do mundo? Meu palpite: dentro de um abraço. Que lugar melhor para uma criança, para um idoso, para uma mulher apaixonada, para um adolescente com medo, para um doente, para alguém solitário? Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve." [ Martha Medeiros ]
.
.
.




domingo, 11 de novembro de 2012

.o império do contra-ataque.

Quarta-feira dia 07 teve um jogo que representou o que eu gosto no futebol.
Celtic vs Barcelona. Posse de bola, 84% para o Barça. O time escocês (Celtic) teve apenas 47 segundos de posse de bola no segundo tempo. Não foi só isso,  o time catalão fez 955 passes ao longo do jogo, com 91% de eficácia, Barcelona 23 chutes contra 5 do Celtic e tudo isso com 19 faltas no total do jogo, pois então placar CELTIC 2 x 1 no BARCELONA, hã?? Não tem como não ficar confuso, como o Barcelona que ficou com a bola a maior parte do tempo, chutou, trocou passses certos e perdeu!?!?!? Pois é, coisas do futebol, a tática do “pega-ratão” como dizia o Claudio Duarte (campeão com o GREMIO em 89). Ênio Andrade, por exemplo, campeão brasileiro invicto com o Inter em 79, campeão brasileiro com o Grêmio em 81 e com o Coritiba em 85, foi mais vitorioso com seu “pega-ratão”do que o Tele Santana jogando bonito nos anos 80. Particularmente prefiro a seleção de 94 ao invés da tão aclamada de seleção de 82, mas é outro assunto.
Viva o pega-ratão, aliás o Barça perdeu pro Chelsea assim no ano passado.

a dupla:
GRE: Uma vitória do jeito que eu gosto, imposição pela força. Assim que o Grêmio ganhou seus maiores títulos. O que eu mais gostei do Luxa foi quando ele disse que tem que respeitar o estilo de jogo do clube que se trabalha e não o contrário, afinal ele é contratado, isso é profissionalismo. Agora estamos em segundo e o Flu já é campeão, merecido. Ironia é que para o projeto arena 2013 é melhor ser vice do brasileiro do que campeão da Sula, o vice te joga direto na fase de grupos e a Sula na pré-libertadores.
Meu medo é que o Odone priorize sua vaidade e foque o time pra ganhar a Sula, (último título no Olímpico ou primeiro na Arena) e com isso esculhambar o planejamento pra 2013, já que não teríamos tempo suficiente de pré-temporada...

NAL: ...e foi o que aconteceu com o Inter em 2012, a pré-libertadores reduziu a pré-temporada e isso se reflete agora, aliás o melhor pra fazer é terminar esse 2012, com o mesmo presidente e esperando mudanças no grupo - já que alguns ciclos terminaram (Bolivar, Indio, Kleber, Ney, D’Alessandro, Guinazu) - além do Fernandão. Meu medo é do Grêmio renovar com o Luxa e o Inter contratar o Felipão, mas se o Grêmio não renovar com o Luxa, ele só pega as coisas dele e vai pra beira do rio. O Presidente do Inter, reeleito em primeiro turno sem o voto dos sócios, fez tudo que tinha que fazer, reforçou o time, garantiu a grana (venda do Oscar), garantiu as obras do Beira-Lago, trocou o técnico que não estava bem (Dorival Jr) colocou um lider (Fernandão), e nada deu certo, foi um ano pífio e ridículo para o patamar que o co-ermão alcançou, pelo gasto com os jogadores não é pra estar em 7° ou 5° e sem chance de título e nem de libertadores pra 2013, torço pra seguir como está.
Jogo de hoje mais uma derrota melancólica, 1x0 pra Ponte Preta, zona de conforto = cumprimento de tabela.

Pra semana que vem estou formatando o MANIFESTO ANTI-GRENALIZAÇÃO, vamos ver no que dá.
...
“Você insiste em zero a zero
e eu quero um a um...”(Djavan)

sábado, 10 de novembro de 2012

Sobre a tal felicidade

FELICIDADE é você poder escolher ao que você vai se prender. Felicidade e liberdade são duas coisas que andam de mãos juntas. Ser livre é poder escolher ao que você pode se prender. Essa possibilidade da escolha é muito grande. Uma pessoa que tem essa possibilidade de escolher ao que vai se prender, quais são os compromissos profissionais, emocionais que vai assumir, é uma pessoa livre e, portanto, feliz.  (Marcelo Gleiser para o documentário Eu Maior)





quarta-feira, 7 de novembro de 2012

.pessoas certas.

As mesas: 8 e 9 chegaram chegando... com tudo, a todo vapor.
 
Juro, pensei que o Julio Neto assumiria sua condição de gremista raivoso e corneteiro e não deixaria por menos o seu desconforto e sua mágoa por ter que assistir calado o arquirrival conquistando inúmeros títulos nos últimos tempos... tornando-se o único campeão de tudo!
Mas não, o cumpadi me surpreendeu mais uma vez, mostrou ser superior. Eu, mesmo não sabendo comentar futebol e muitas vezes não saber (e tem sido difícil saber) a escalação do meu time, não deixaria por menos e sentaria a pua neles.
 
Grande Julio Neto!!! Meu Cumpadi!!! Seja bem vindo ao VZQPub.

(...)
 
A Cris -Tina Simplesmente - mesmo conhecendo muito pouco, quase nada, já ví que temos gostos completamente diferentes ao que se refere música... Elis Regina, Altemar Dutra, Nelson Gonçalves, Dolores Duran, tudo bem, aquento bravamente... mas Maria o Que? Já é demais!
 
Vivemos em um mundo, mesmo que virtual, democrático.
 
Ta liberado, vale referenciar Maria o que?.
 
Seja Bem Vinda ao VZQPub, Cris-Tina!
 
(...)
 
Novas mesas, novos rumos.

(...)
 
É sempre bom fazer as escolhas certas e dar um up (ãpe). Ainda mais quando as escolhas referem-se á pessoas... sempre soube ter feito a escolha certa sobre a mãe dos meus filhos... só não sei dizer se a dela foi muito boa.
 
 

Quero toda a sorte do mundo
Quero todos os sonhos sonhados
Quero permanecer vivo...
Quero envelhecer, ao seu lado

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Ah, o amor!


" Queria ser castigada por ter sido feliz antes de você."

Belo?
Assim abro os trabalhos desta terça-feira pedindo uma Stela bem gelada na mesa 8!
Depois de um dia muito quente e "pesado", vou compartilhar minha leitura de feriado.
O trecho que cito vem do prefácio  de Jean Paulhan. Com maestria ele elucida o que está contido nas páginas do livro A História de Ó de Pauline Réage.
Este romance  foi publicado na França dos anos 50 e  causou enorme escândalo literário.
Escrito por uma mulher,  "Ó"  nasceu como uma carta de amor, talvez a mais impetuosa que um homem já recebeu de uma mulher.
Tem um final feliz Carla?
Não irei revelar o desfecho com o intuito de "castigar" tua curiosidade!
Agora lhes pergunto: Alguma vez vocês já se viram fazendo este questionamento?
Com certeza eu não gostaria de ser castigada, mas muito já castiguei em pensamento aquele que ousou ser feliz antes da minha chegada!
E para não os embriagar no 2º dia da semana, vou fazer cessar esta tensão psíquica com um vídeo que coloca a termo o tão sonhado amor.
Good Night!





segunda-feira, 5 de novembro de 2012

.o amor mais bonito.



[...] Um amor que nasceu, mas nunca viveu. Um amor que aconteceu, mas não foi ocupado. Daquelas comédias românticas que ninguém tem tempo de rir, pois já começa pelo final. Os amores mais bonitos são aqueles que nunca foram usados. [...]

Saiu daqui.
.
.
.

domingo, 4 de novembro de 2012

.futebol, ópio do povo.

...

Convidado ou convocado pelo “cumpadi Feio” a teclar sobre futebol no Vezen... Pensei, “pub sem futebol não dá”, então aceitei.
Ganhei a mesa 9, 9 do Fenômeno, número de centro-avante, do “fazedor de gol”, logo eu que era goleiro, que ironia!
Quando dizem que não gostam de futebol, acho tão estranho quanto não gostar de Djavan, sempre penso que a pessoa não conhece por isso não gosta, eu gosto dos dois.
No futebol gosto do jogo pegado, nada de futebol arte, pelo fato de eu ser GREMISTA gosto de marcação, defesa, contra-ataque, de 1 a 0 osco, coice e dividida, é uma questão de gosto. Minha relação com o co-ermão(colorado) é de respeito, sempre torço pra eles... perderem, mas não sou fundamentalista.
vamos a dupla

GRE – Chee, o Grêmio tá cansado, não sei se é porque a média de idade é alta ou mudou a preparação física, ou o Luxa dá muito “pijama training” (que é muito descanso e pouco treino físico pra ter condicionamento), e nos próximos jogos não espero mais jogo do Grêmio, só vitórias ou não, o resultado será mais importante do que o desempenho, igual a ontem contra a Ponte Preta, 1 a 0 osco, aos 45 do segundo, os próximos jogos serão assim. Precisamos somar mais 1 ponto (um empate) em 5 jogos e assim classificamos pra libertadores e ainda corremos o risco de ficar em segundo mais que bom pra esse time. Baita rodada pro Grêmio!!!
Embora ainda tenha a SulaMiranda (Copa Sul Americana) e dá pra ganhar no coice e joelhaço.

NAL – O Inter tem um baita time com jogadores consagrados e incontestáveis, mas não tem comando, nem no campo nem na direção e por consequencia não tem time. Pra ver como é importante ter uma liderânça. Aliás acho que o problema do Inter é politico, se quebrou união da direção vencedora e agora cada um puxa pra um lado, e como estavam bem no alto, a queda pode ser braba! Alem disso têm as lesões e convocações que destroçam o co-ermao, engraçado como os times brasileiros são punidos por terem bons jogadores, tudo porque o futebol brasileiro não é organizado e tem um calendário que diverge do calendário da FIFA.
O Inter tomar 3 do Náutico, não dá, acho que agora o Fernandão vai embora, já que na beira do campo não é a dele ainda.

Tenho q falar do gol do Palmeiras anulado pela TV (contra o Inter). Até acertando os árbitros erram.
Pessoalmente acho que o erro de arbitragem faz parte do jogo, assim como xingar e desestabilizar o adversário, mas essa onda do politicamente correto chegou até na picardia do futebol, uma pena!
Bueno, sou o Julio Neto, marido da Milena e pai do Vicente.
Gremista, pseudo-anarquista, técnico e produtor de audio da FlyAudio nas horas vagas.
Tô com a 9, aos domingos vou teclar sobre futebol.

“Eu quero ver gol, eu quero ver gol.
Não precisa ser de placa, mas eu quero ver gol...”
(O Rappa)

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

.cuidemos deste agora.

.
.
.

.
.
.
Pessoas vão embora de todas as formas: vão embora da nossa vida, do nosso coração, do nosso abraço, da nossa amizade, da nossa admiração, do nosso país. E, muitas a quem dedicamos um profundo amor, morrem. E continuam imortais dentro da gente. A vida segue: doendo, rasgando, enchendo de saudade... Depois nos dá aceitação, ameniza a falta trazendo apenas a lembrança que não machuca mais: uma frase engraçada, uma filosofia de vida, um jeito tão característico, aquela peculiaridade da pessoa.

Mas pessoas vão embora. As coisas acabam. Relações se esvaem, paixonites escorrem pelo ralo, adeuses começam a fazer sentido. E se a gente sente com estas idas e também vindas, é porque estamos vivos.

Cuidemos deste agora. Muitos já se foram para nos ensinar que a vida é só um bocado de momento que pode durar cem anos ou cinco minutos. E não importa quanto tempo você teve para amar alguém, mas o amor que você investiu durante aquele tempo. 


Marla de Queiroz

[ saiu daqui ]

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

.Valéria Surreaux.

.
.
.
.
.
.
Em textos maravilhosos, Valéria Surreaux
nos traz o universo da gente da fronteira. 
Sessão de autógrafos nesta segunda, 05/11, 
às 19 horas 
na Feira do Livro de Porto Alegre... 
Super recomendo!
.
.
.

.daquelas verdades.

.
.
.

.
.
.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal
e desprezamos a quem melhor nos quer. 
Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, 
e falhado, resta-nos um só caminho...
o de mais nada fazer.

[ Clarice Lispector ]
.
.
.

.soneto do amor total.



Amo-te tanto, meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te a fim de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

_____________________________________________


quarta-feira, 31 de outubro de 2012

.cartilha da Unimed.

Fica a dica.

(...)


O material é composto por 11 fascículos, que abordam orientações aos usuários sobre o uso do plano de saúde e questões sobre a saúde nas diversas fases da vida.



O material conta com ilustrações do grande cartunista Ronaldo Cunha Dias, premiado internacionalmente e médico Cooperado do sistema Unimed-RS.
Para saber mais sobre o conteúdo da cartilha, CLIQUE AQUI. Para acessar o conteúdo dos 11 fascículos. CLIQUE AQUI.



As melhores dicas de saúde e prevenção de doenças em um só lugar.

Fonte: Unimed/RS

.restart para depois do fim do mundo.

Halloween. NY devastada.
A natureza pedindo passagem
Seguindo seu caminho...
Evolução!
Portas e janelas trancadas
Gritos, trovões e lamentos
Ateus pedindo a Deus...
É furacão!
O mundo acaba a todo instante
Por morte, por dor ou por amor.

(...)

Há quem acredite em uma data específica para final dos tempos – Dezembro de não sei quando? – o mundo acaba a todo instante... por morte, por dor, por amor. Hoje, já nem penso mais sobre quando o meu mundo irá acabar, penso sim é fazer ele cada vez melhor, enquanto exista.
(...)
Aos 07 anos de idade fui com minha família para Vacaria, onde meu pai tinha uma tia. Não me lembro de mais nada a não ser da frase que ela disse a ele quando me viu: Hugo, ele irá morrer com 31 anos de idade – profetizou a mulher...
A cada aniversário o mundo acabava um pouco pra mim...
Não foi fácil chegar aos VX.
Quando, com 19 anos, soube que a minha namorada (hoje esposa há 17 anos) estava grávida, foi um alívio, foi maravilhoso... Maria Fernanda nasceu, renasci com ela. Com 26 anos planejamos o José Carlos, um UPGRADE para chegar feliz aos 31 sem pensar bobagem.
Chegado o dia em que, a partir de então, num período de 364 dias, poderia ser a qualquer momento... de 14/11/2006 à 13/11/2007. Foi puk! Despedia-me da vida a todo instante, não pensava em mais nada. O ano inteiro no olho do furacão.
Quando percebi já era 14/11/2007. Havia motivo para comemorar? Sim, havia. Acabara de saber que a vida estava me bonificando... nasce o Guilherme...

A Luciana (esposa) acompanhou de perto essa minha angústia... Julio Neto (mesa 9) acompanhou à distância... hoje damos muita risada disso. Muita, mas muita mesmo. Ora, quem em sua sã consciência acreditaria num absurdo desses? Eu acreditei. Depois de sofrer por 24 mil anos, a Luciana resolve esclarecer esta história com a minha mãe.
... Aos 07 anos de idade fui com minha família para Vacaria, onde meu pai tinha uma tia. Logo que me viu a tia disse ao meu pai que me achava muito parecido com seu filho morto, por afogamento aos 31 anos de idade... morte esta, presenciada por meu pai.
Putz, mas que guri bem podre, chê!!!

(...)
Yo no crêo em brujas, pero que las Hay, las hay

(...)

Já alguns serão eternos
 ...
João amava Teresa
que amava Raimundo
que amava Maria
que amava Joaquim
que amava Lili
que não amava ninguém.
(Drummond faria 110 anos hoje.)
(...)
"Já ví o fim do mundo algumas vezes e na manhã seguinte estava tudo bem" (HG)

terça-feira, 30 de outubro de 2012

.não nasci em uma mesa de bar.


Não nasci em uma mesa de bar

Mas  lembro de me sentir muito confortável quando sentei pela primeira vez em um boteco a cantarolar Maria Bethânia, Elis Regina, Altemar Dutra, Nelson Gonçalves, Dolores Duran e por aí afora!

Portanto aqui você vai ler de tudo! Porque eu quero mais é falar de sentimento.

Daquilo que sei e do que não sei.

Penetrar tua alma eriçando tua pele

só para te provar que a vida pulsa sem cessar dentre a boemia.

“Boemia aqui me tens de regresso

E suplicante te peço a minha inscrição aqui no Vezenquando.”

Entre um gole e outro vamos celebrando a vida!

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

.Rick Wakeman, no Bourbon Country.

Rick Wakeman, ex-integrante da banda Yes, faz apresentação única no Teatro do Bourbon Country, dia 20 de novembro, terça-feira, às 21h. No show, o pianista britânico interpreta grandes obras do rock progressivo ao lado de sua banda, integrada por Dave Colquhoun nas guitarras e violões, Ashley Holt nos vocais, Nick Beggs no baixo, e Anthony Fernandez na bateria. No dia 21, os músicos fazem nova apresentação no Teatro Bradesco, em São Paulo. Depois, seguem com a turnê pela América do Sul, passando ainda por Santiago do Chile, Rosario e Buenos Aires. Wakeman nasceu em Londres em 1949. Sua paixão pela música se evidenciou em sua adolescência. Estudou piano, clarinete, orquestração e música moderna. Entre os anos de 1969 e 1973, foi colaborador de artistas como David Bowie, Cat Stevens e Al Stewart. Participou também do álbum Dragonfly, do grupo Strawbs, que deixou em 1971 para passar a fazer parte do Yes como tecladista. Seu primeiro álbum com a banda foi Fragile, seguido por Close to the Edge, o duplo Tales from Topographic Oceans e o disco triplo e ao vivo Yessongs.


.dia nacional do livro.


.
.
.

.
.
.
Hoje é o Dia Nacional do Livro e não tinha como não (re) postar a dica do meu livro favorito...

.
.
.

É verdade. Eu me tornei uma espécie de caixeiro-viajante. [...] há dias em que eu próprio tenho dificuldades em me encontrar. É quando te vejo que me encontro melhor, parece-me que me deixei em depósito com você. Pensei muitas vezes que nos deveríamos ver mais. Creio que envelheceríamos menos depressa se pudéssemos nos encontrar de quando em quando [...].
.
.
.
.
.existe uma biblioteca inteirinha nos meus sonhos.
.existe uma menorzinha no meu quarto.
.
.
.

.
.
.
O que eu mais gosto de fazer na vida é ler. [ A.D.O.R.O. ] Então aí aqui fica a dica do meu livro preferido: A Idade da Razão (em francês: L'âge de Raison) é um romance de Jean-Paul Sartre, publicado em 1945. O livro é o primeiro volume da trilogia Os Caminhos da Liberdade (A Idade da Razão, Sursis  e Com a Morte na Alma).

Eu não vou falar muito sobre o conteúdo do livro. Como disse Freire, a gente tem que ter um cuidado quando fala sobre um livro, pois as nossas percepções podem não representar fielmente o pensamento do autor. E, como consequência, acabamos contaminando o pensamento das pessoas. Por conta disso, vou dizer apenas que o romance se passa na 'Paris boêmia dos anos 30' e gira em torno da vida de Mathieu, um professor de Filosofia. O livro foi escrito como uma resposta aos eventos da Segunda Guerra Mundial.

A edição que eu tenho é de 1981, ou seja, de mais de 30 anos atrás. Tem a capa dura e está inteirinho. Já li 3 vezes. É uma preciosidade pra mim. Não empresto de modo algum. Fazendo uma pesquisa rápida na internet encontrei este site aqui com um preço 'mega especial', apenas R$ 9,00 [ em média, o livro custa R$ 40,00 ]. Corre lá!
.
.
.