Mesas

Mesa 1
Carla
Mesa 3
Marcus
Mesa 8
Cris
Mesa 10
Victor Hugo
Mesa 11
Amanda
Mesa 12
Juliana
Mesa 14
Karina

domingo, 8 de setembro de 2013

.fazer o que gosta ou gostar do que faz.


Tenho tido dificuldades com o tempo por causa do meu trabalho. Mas meu trabalho é exatamente em que eu quis trabalhar. Desde que larguei um emprego normal que me pagava bem, lutei pra fazer o que eu faço. Trabalhar com música e áudio é o que eu gosto, mas perder noites, feriados e fim de semana eu não gosto.


>>>
Jogadores de futebol ganham milhares de reais pra jogar bola, teoricamente o que gostam. Mas a vida útil de um boleiro é em média de 15 anos e nesses 15 anos não existe mundo fora das quatro linhas.

>>>
Transformar o hobby em ofício é prazeroso, mas pode não ser satisfatório. Fazer música pra dar vazão às coisas que eu penso é uma coisa, ser pressionado a criar uma melodia em 1 dias é diferente.
Jogar bola no fim de semana com os amigos é bacana, ter que entrar em campo pra jogar contra o Salgueiro/PE é outra...

>>>
Acho que devemos gostar do que fazemos, seja o que for. 
O ganha pão tem que ser justo, não dá pra sentir que somos explorados, só que quando a gente faz o que gosta somos inevitavelmente explorados, pois não é trabalho é diversão.

>>>
Primeiro turno do Brasileirão terminou, acho que está entre Cruzeiro, Corinthians, Atletico/PR e Grêmio.

>>>
A DUPLA:
GRE: Renato tem um time que deve melhorar, estamos muito bem.

NAL: O Dunga deu o braço a torcer, mudou o time e melhorou. Até quando ninguém sabe.

>>>
Paralamas eu gosto:




Nenhum comentário:

Postar um comentário